AUTORIDADE

setembro 4, 2021 1:01 pm Publicado por Deixe um comentário

                    

Jesus disse: Foi me dado toda autoridade no céu e na terra. Portanto,

…Ide,

      … FAZEI discípulos de todas as nações.

              …BATIZANDO-OS em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo

                     …ENSINANDO-OS  a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Mat 28.18ª20.

O Senhor Jesus nos ordenou: Ide e Ensinai. Ensinar o que? Semelhante a ele, tudo o que diz respeito a vida abundante.

A quem? A toda criatura.  A igreja tem que ensinar todo aquele que quer aprender.

Este é o primeiro ponto a ser resolvido.

Aquele que quer aprender, ensina-o:

  1. Crescer como pessoa, como gente, mental, intelectual, emocional e espiritual. Faze-o interessar-se e, a adquirir conhecimento, cultura, salvação, libertação, cura divina, batismo no Espirito Santo, renovação espiritual, vida vitoriosa plena.
  2. Ensina-o a amadurecer para a vida.  Implementar  nele uma nova visão e motivação para a vida. Desafia-lo a não desistir de seus sonhos. Reativa-los.
  3. Ensina-o a viver com Jesus desde já. Enfatizar os reais valores da vida cristã: reconhecimento, gratidão, solidariedade, hospitalidade, comunhão, louvor, adoração e serviço a Jesus e ao seu reino.
  4. Esta deve ser a Missão constante e permanente de cada cristão: implantando o reino de Deus em cada coração do ser humano que passar por sua vida. Todo o cristão deve viver nesta dimensão de reino de Deus. A igreja como organismo VIVO tem que cumprir esta tarefa, esta Missão.
  5. Para isso: compromisso e celebração de aliança, em nome de Jesus.
  6. Projeto Debora em Tempo de Restauração.  Isso é: Explosão de Vida Espiritual

Todo poder foi me dado disse Jesus: Mateus 28.18

O povo de Deus tem esta promessa de poder e autoridade divinos para proclamar o evangelho por todo o mundo (19 e 20).

Porém antes de mais nada, eles devem obedecer ao mandamento de Jesus, de esperar o cumprimento da promessa do Pai, que é o poder do Espirito Santo derramado no dia de pentecoste. Não se pode esperar que o poder visto em Atos 1.8  acompanhe os que vão às nações, se primeiro não  observarmos o padrão de Atos 1.4; 1.8 2e4, Lucas 24,47a49.

                 Recebereis a Virtude Atos 1.8

O termo original para “Virtude” é (dunamis), que significa poder real; poder em ação. Esse é o versículo chave do livro de Atos.

O propósito principal do batismo no Espírito Santo é o recebimento de poder divino para testemunhar de Cristo, para ganhar os perdidos para Ele, e ensinar-lhes a observar tudo quanto Cristo ordenou. Sua finalidade é que Cristo seja conhecido, amado, honrado, louvado e feito Senhor do povo de Deus. Mateus 28.18ª20, Lucas 24.49; João5.23, 15.26e27.

  1. “Poder” (Dunamis) significa mais do que força ou capacidade; designa aqui, principalmente, o poder divino em operação, em ação. O batismo no Espirito Santo trará o poder pessoal do Espirito Santo à vida do crente.
  2. Esse é o Poder Celestial no interior do crente para testemunhar com grande eficácia.
  3. A obra principal do Espirito Santo no testemunho e na proclamação do evangelho diz respeito a obra salvídica de Cristo, a sua ressurreição e à promessa do Batismo no Espírito.

SER-ME-EIS TESTEMUNHAS – Atos 1.8

O batismo no Espírito Santo não somente outorga poder para pregar Jesus como Senhor e Salvador, como também aumenta a eficácia desse testemunho, fortalecido e aprofundado pelo nosso relacionamento com o Pai, Filho e o Espírito Santo por termos sido cheios do Espírito. João 14.26

  1. O Espírito Santo revela e torna mais real para nós a presença pessoal de Jesus. Uma comunhão íntima com o próprio Jesus Cristo resultará num desejo cada vez maior da nossa parte de amar, honrar e agradar nosso Salvador.
  2. O Espírito Santo da  testemunho da justiça. João16.8ª10 da verdade João 16.13 as quais glorificam a Cristo João 16.14. Não somente com palavras, mas também no modo de viver e no agir. Daí, quem tem o testemunho do Espírito Santo a respeito da obra redentora de Jesus Cristo, manifestará com certeza, à semelhança de Cristo, o Amor, a verdade e a justiça em sua vida lCor.13.
  • O Batismo no Espírito Santo outorga poder para o crente testemunhar de Cristo e produzir nos perdidos a convicção do pecado, da justiça e do juízo, João 16.8.  Os efeitos desta convicção se tornaram evidentes naqueles que proclamam com sinceridade a mensagem da palavra e naqueles que a recebem.
  • O Batismo no Espirito Santo (Atos 2.39e40), destina-se àqueles cujos corações pertencem a Deus por terem abandonado seus maus caminhos, (Atos 2.38,3.26), e é mantido mediante a mesma dedicação sincera a Cristo. (Atos 5.32).

O Batismo no Espírito Santo é um batismo no Espírito que é Santo – “Espírito de Santificação” (Rom1.4). Assim se o Espírito Santo realmente estiver operando em nós plenamente, viveremos em maior conformidade com a santidade de Cristo. A luz destas verdades bíblicas, portanto quem for batizado no Espírito Santo, terá um desejo intenso de agradar a Cristo em tudo o que puder. Noutras palavras: a plenitude do Espírito completa a obra salvídica e santificadora do Espírito Santo em nossa vida. Aqueles que afirmam ter a plenitude do Espírito, mas vive uma vida contrária ao Espírito de Santificação, estão enganados e mentindo. Aqueles que manifestam dons espirituais, milagres, sinais espetaculares, ou oratória inspiradora, mas não tem uma vida de verdadeira fé, amor e retidão, não estão agindo segundo o Espírito Santo, mas seguindo um espírito impuro que não é de Deus. (Mateus 7.21; 24.24 e (llCo11.13ª15). Aplique no seu dia a dia e verás a Glória de Deus

No amor de Jesus, pastora e amiga, Rachel de Menezes

Cel.Watts: 55 (44) 99873 1640

E-mail: projetodebora20@gmail.com

Isso é: EXPLOSÃO DE VIDA ESPIRITUAL

Categorizados em:

Este artigo foi escrito poradmin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *